15 fevereiro 2019

#ParaVer - American Crime Story: O Povo Contra O.J. Simpson


American Crime Story é uma série americana que conta a história de crimes que aconteceram na vida real. Cada temporada tem uma história independente, as duas temporadas já lançadas seguem uma linha diferente uma da outra, como uma minissérie autônoma. 

A primeira temporada ganhou o nome The People v. O.J. Simpson e estreou em 2016 no canal FX. Baseada no livro The Run of His Life: The People v. O. J. Simpson, lançado em 1997 por Jeffrey Toobin, essa temporada explora a história do famoso ex-jogador de futebol americano O.J. Simpson que foi acusado do assassinato de sua ex-mulher Nicole Brown e de seu amigo Ronald Goldman; e do seu longo julgamento, que na época recebeu um grande destaque na mídia. 

O foco dessa temporada foi mostrar o julgamento que absolveu O.J., mesmo diante a tantas provas. Três pontos chamaram muito a minha atenção nessa temporada e me fizeram achar a série ainda mais interessante. Primeiro a forma que os advogados trabalharam, me sentia aflita e as vezes até com raiva a cada episódio. Segundo o destaque na forma que o ser humano se comporta diante de uma notícia absurda que envolve uma pessoa amada, um ídolo. Em terceiro, um tema sempre atual e que foi muito bem explorado na série, o racismo.

A temática me agrada muito, então a série funcionou muito para mim. Indico a todos que gostam do estilo, está de tirar o fôlego! Ah, e está disponível na Netflix!

Sinopse:
Ex-jogador de futebol americano, Orenthal James “O. J.” Simpson foi acusado em 1994 de assassinar a esposa, Nicole Brown, e o amigo Ronald Goldman. Contado através da perspectiva dos advogados que conduziram o caso, a série irá explorar os acordos feitos de maneira informal e as manobras políticas conduzidas por ambos os lados envolvidos.

Elenco:
Sterling K. Brown como Christopher Darden
Kenneth Choi como Lance Ito
Christian Clemenson como William Hodgman
Cuba Gooding Jr. como O. J. Simpson
Bruce Greenwood como Gil Garcetti
Nathan Lane como F. Lee Bailey
Sarah Paulson como Marcia Clark
David Schwimmer como Robert Kardashian
John Travolta como Robert Shapiro
Courtney B. Vance como Johnnie Cochran

Trailer:


14 fevereiro 2019

Abandonei.


Cansei. Desisti. Larguei. Deixei de lado sem nem pensar nele mais.
Mas resolvi voltar, porque faz bem pra mim.



Último post que fiz no blog, dia 27 de novembro, foi a resenha de um livro que gostei muito e que me deixou super empolgada, porém ali eu já estava sem ânimo para escrever, editar, postar e interagir. Depois disso eu simplesmente parei de pensar nisso, no blog. Paguei a renovação do domínio, não li mais livros, não vi mais séries, até filmes eu deixei de lado... eu estava desanimada, na verdade, ainda estou. Cansada e sem saco para as coisas que me davam prazer.
Mas vou voltar, quero voltar com minha rotina, meu trabalho, meus prazeres nas horas vagas. 

Eu preciso voltar. 


27 novembro 2018

Resenha: Agora e Para Sempre, Lara Jean

Agora e Para Sempre, Lara Jean
Jenny Han
Editora: Intrínseca
Tradução: Regiane Winarski

"Em Para todos os garotos que já amei, as cartas mais secretas de Lara Jean — aquelas em que se declara às suas paixonites platônicas para conseguir superá-las — foram enviadas aos destinatários sem explicação, e em P.S.: Ainda amo você Lara Jean descobriu os altos e baixos de estar em um relacionamento que não é de faz de conta. Na surpreendente e emocionante conclusão da série, o último ano de Lara Jean no colégio não podia estar melhor: ela está apaixonadíssima pelo namorado, Peter; seu pai vai se casar em breve com a vizinha, a sra. Rothschild; e sua irmã mais velha, Margot, vai passar o verão em casa. Mas, por mais que esteja se divertindo muito — organizando o casamento do pai e fazendo planos para os passeios de turma e para o baile de formatura —, Lara Jean não pode ignorar as grandes decisões que precisa tomar, e a principal delas envolve a universidade na qual vai estudar. A menina viu Margot passar pelos mesmos questionamentos, e agora é ela quem precisa decidir se vai deixar sua família — e, quem sabe, o amor de sua vida — para trás. Quando o coração e a razão apontam para direções diferentes, qual deles se deve ouvir?"

Esse é o terceiro livro da série, e está resenha
pode conter spoilers dos primeiros livros!


Esse é o terceiro e último livro da série Para Todos os Garotos que Já Amei, e diferente do segundo livro, esse não continua de onde paramos na história, aqui, encontramos Lara Jean aflita para saber se irá conseguir entrar para a tão sonhada UVA, Margot com um novo namorado, e seu pai completamente apaixonado. 

É o último ano na escola, Peter já tem sua vaga garantida na UVA pela bolsa de lacrosse, mas Lara Jean espera ansiosa pela resposta da faculdade para saber se irá passar os próximos anos ao lado de seu namorado. UVA sempre foi um sonho para a garota, mas, e se ela não conseguir?

Com os nervos à flor da pele, a garota está à procura de distrações, como assar o cookie perfeito ou até mesmo planejar todo o casamento de seu pai com a sra. Rothschild. Mas mesmo com seu jeitinho meigo e sonhador, Lara Jean percebe que não é mais uma adolescente e que agora ela precisa fazer escolhas importantes para sua vida, existem perdas, existem despedidas, e ela precisa encarar as coisas com cabeça erguida. 

Este é um livro de conclusão da trilogia, ciclos estão sendo fechados, as meninas estão cada vez mais maduras e Lara Jean tem encarado a vida de uma forma surpreendente, a menina bobinha saiu do quarto e resolveu viver, e isso me deixou completamente feliz! 

Porém esse livro não é tão empolgante como os demais, não li com tanta facilidade e rapidez como os outros, mas a escrita continua muito divertida e as histórias são apaixonantes. Um ponto baixo pra mim é Kitty, minha personagem preferida cresceu e virou uma estranha, uma estranha cheia de personalidade e engraçada, ainda bem hahaha mas ainda sou apaixonada com o amor das três irmãs e como elas são o mundo uma para as outras.

Algumas histórias não são bem desenvolvidas, como Pammy, a nova amiga de Lara Jean que não acrescenta em nada na história, ou até mesmo a história do pai do Peter, que pra mim não teve tanta importância no final das contas. Já outras me fez muito feliz, mesmo com tudo que aconteceu, como o desenvolvimento do namoro de Peter e Lara Jean, e como eles enfrentaram tantas turbulências, e também a história de Stormy, com uma conclusão muito linda!

Eu gostei muito da conclusão e de como os personagens cresceram, enfrentaram os problemas e como tudo terminou. Essa trilogia vai ficar pra sempre no meu coração, indico demais a todos! 

PS: Uma coisa que me incomodou muito nos três primeiros livros foi o conselho lixo que a mãe deixou para as meninas de não ir para uma faculdade namorando, sério? hahahaha

Nota: