31 outubro 2018

Resenha: P.S.: Ainda Amo Você


P.S.: Ainda Amo Você
Jenny Han
Editora: Intrínseca
Tradução: Regiane Winarski
"Lara Jean sempre teve uma vida amorosa muito movimentada, pelo menos na cabeça dela. Para cada garoto por quem se apaixonou e desapaixonou platonicamente, ela escreveu uma bela carta de despedida. Cartas muito pessoais, que de repente e sem explicação foram parar nas mãos dos destinatários.  Em Para todos os garotos que já amei, Lara Jean não fazia ideia de como sair dessa enrascada, muito menos sabia que o namoro de mentirinha com Peter Kavinsky, inventado apenas para fugir do total constrangimento, se transformaria em algo mais. Agora, em P.S.: Ainda amo você, ela tem que aprender como é estar em um relacionamento que, pela primeira vez, não é de faz de conta. E quando ela parece estar conseguindo, um garoto do passado cai de paraquedas bem no meio de tudo, e os sentimentos de Lara por ele também retornam.  Uma história delicada e comovente que vai mostrar que se apaixonar é a parte fácil: emocionante mesmo é o que vem depois."

Esse é o segundo livro da série, e está resenha
pode conter spoilers do primeiro livro!


O segundo livro da série Para Todos os Garotos que Já Amei começa exatamente onde termina o primeiro. Lara Jean e Peter não estão mais juntos, mas a garota quer ter de volta sua amizade com Peter e então resolve escrever uma carta. Toda a vida de Lara Jean se resume em cartas, assim como o início do relacionamento dos dois.

Ambos percebem que aquele namoro de mentirinha era mais real que eles imaginavam e agora eles têm um relacionamento sério e com novas regras, incluindo que um nunca irá partir o coração do outro e que iriam sempre contar a verdade um para o outro. Mas a gente sabe que relacionamento sério é muito mais complicado que isso...

Apesar de o clima para romance não estar em alta, já que Margot e Josh não são mais um casal, Lara Jean está completamente feliz com o seu primeiro namorado. Até que um vídeo íntimo do casal é publicado na internet e ela se vê completamente exposta e desesperada. O vídeo espalha como praga pela escola e o casal vira alvo de piadas e brincadeiras de mau gosto. Quem estaria por trás disso tudo?

Lara Jean tem certeza que a culpa é de Genevieve, sua ex melhor amiga e ex namorada de Peter. Peter então resolve que irá conversar com sua ex namorada para resolver a situação, mas eles acabam se aproximando. Peter jura que ele está apenas ajudando Genevieve com problemas familiares, mas essa aproximação pode ser o início do fim do namoro dos dois.

Ao mesmo tempo que Peter tem sido um ótimo namorado ajudando Lara Jean superar suas inseguranças, ele deixa a desejar quando está com sua ex namorada. Ele deveria falar tanto com sua ex? Lara Jean está super confusa com toda essa situação, e para piorar, John Ambrose McClaren finalmente recebe sua carta de amor e resolve responde-la.

Lara Jean acaba se aproximando novamente de John Ambrose McClaren e muitas dúvidas se formam em sua cabeça.

Esse livro é tão cativante quanto o primeiro, a escrita da autora te prende e você lê ele todinho em uma única vez. Essa história tem muitos altos, como as lembranças de uma Lara Jean mais nova e seus amigos, o amadurecimento da garota como pessoa e também muita cena fofa e apaixonante.

Confesso que fiquei com muita raiva de Peter em vários momentos, pois se tem uma coisa que me irrita muito é a tal de ex namorada. É um romance adolescente, então muitos motivos são bobinhos, mas por favor, esse com certeza não era um motivo para o Peter dar toda atenção para uma garota que fez tão mal para seu novo relacionamento, acorda Peter!

Uma outra coisa que preciso compartilhar é que a Kitty está crescendo, fiquei com medo de perder o encanto da personagem nesse segundo livro, mas a garota continua muito engraçada, fofa e cheia de personalidade. Sem dúvidas é a melhor personagem da série!

Já terminei o segundo livro correndo para o terceiro, não tem como não se apaixonar por essa escrita e essa história, então indico a todos que curtem um bom livro sobre romance adolescente.


Livro no Skoob: P.S.: Ainda Amo Você
Nota:

23 outubro 2018

Os 13 porquês de um blog


Fui convidada pelo Emerson Garcia do blog Jovem Jornalista para participar do quadro Os 13 porquês de um blog. A coluna consiste em uma parceria entre dois blogueiros, onde cada um irá listar 13 motivos para os leitores visitarem o blog do outro.


Os 13 motivos para você conhecer
e acompanhar o Jovem Jornalista:

1 – Porque é um blog limpo
Eu como designer vou começar por um assunto que eu entendo. Preciso destacar que o layout do blog é muito limpo e de fácil navegação. As cores são suaves, as fontes são simples e de cores de fácil leitura. O blog com essa estética permite que passamos o tempo navegando sem causar conflito ou cansaço.

2 – Porque o Emerson é super atencioso
O blogueiro é super atencioso com os visitantes do blog, deixando sempre sua opinião sincera sobre o tema, além de sempre retribuir a visita em nosso blog.

3 – Porque é um blog de conteúdo
Jovem Jornalista é um blog recheado de artigos com os mais diversos assuntos. Sempre atualizado, o blog tem entre 15 a 20 posts no mês com conteúdo interessantes e temas atuais variados.

4 – Porque fala sobre os mais variados assuntos
No blog você encontra sobre arte, séries de televisão, política, música e muitos outros temas interessantíssimos e atuais. O mais legal de tudo é que o conteúdo é sempre bem informativo, com citações, fontes, ilustrações, além da opinião de quem escreve. 

5 – Porque o conteúdo vai além do jornalismo
Apesar de ter sido criado como um espelho para a faculdade de jornalismo, o blog Jovem Jornalista acabou se tornando uma mistura de notícias com entretenimento de uma forma muito divertida e informativa. Com conteúdo variados, passando a mensagem, noticiando e mostrando opinião.

6 – Porque o blog é muito bem escrito
Emerson tem uma escrita muito boa, o português sempre bem escrito com a leitura fácil. Seus posts trazem as informações de uma forma muito educativa, além de sempre acrescentar em seus posts quotes para ilustrar melhor o assunto da vez.

7 – Porque os quadros são ótimos
Além desse quadro super legal que estou participando, que abre a oportunidade dos leitores conhecerem novos blogs legais, no Jovem Jornalista vocês também vão encontrar os quadros: Eu vi, que eu particularmente acho muito legal, que mostra detalhes que passam despercebidos em alguma cena de alguma série, filme ou programa. 5Q, que fala sobre cinema. Vibe Humor, que fala sobre música. Crônica JJ, que apresenta textos do cotidiano. Aquela cena, que faz um estudo sobre alguma cena seja de filme, série, animação, etc. Quinta de série, que indica alguma série de televisão. JJ Entrevista, um quadro com entrevistas variadas. Dom do olhar, que contém fotografias e ilustrações. Entre Frames, com analise de vídeo clipes musicais. Rádio Bagaralho, com diversas playlists descontraídas. Jornalista ≠, um quadro que veio de uma parceria com conteúdo bem legais. Registrado, um resgate de acontecimentos da TV brasileira. Conexões, onde conecta leitores e escritores das mais diversas formas.

8 – Porque tem o quadro Eu Vi
Eu preciso destacar esse quadro porque é um dos mais legais, fora que foi um post que me marcou muito no blog quando comecei a segui-lo. Criado e idealizado por Layon Yonaller, esse quadro reúne detalhes que passam desapercebidos pela maioria dos telespectadores. Como no dia que sem querer apareceu uma vaca fazendo suas necessidades no Mais Você, ou os erros de português que foram exibidos nos telejornais da Rede Globo, são detalhes que quase ninguém vê, mas estão lá, e esse post reúne muito desses flagras! 

9 – Porque tem o quadro Aquela Cena
Esse quadro também é muito interessante! Aqui o blogueiro pega uma cena de um filme, série ou animação e faz um estudo sobre ela. É muito legal porque nem sempre a gente presta atenção em todos os detalhes, e alguma cena ou acontecimento acaba passando despercebido. Vale a pena dar uma conferida nesse quadro! 

10 – Porque o blog é uma equipe
Quando um blog possuí colaboradores, ele deixa de passar o ponto de vista de uma só pessoa, para várias, isso é um acréscimo muito grande para quem acompanha um blog. O Jovem Jornalista conta com a colaboração de Arthur Claro, Thiago Nascimento, Layon Yonaller, além do Emerson Garcia.

11 – Porque o blog também fala de coisa séria
Muita gente vê os blogs como uma janela de entretenimento, cheio de conteúdos divertidos, dicas de passeios, séries, filmes, livros e músicas. O Jovem Jornalista tem todos esses conteúdos e mais, ele também tem muitos posts para refletir, para pensar e para informar. Assuntos como política, estudos sobre racismo e preconceito, depressão, matérias com temas atuais e de bom conteúdo.

12 – Porque tem muito conteúdo
São mais de 1300 posts em 65 categorias, é muito conteúdo legal para acompanhar, além das postagens sempre atualizadas e das redes sociais como Facebook, Instagram e Twitter!

13 – Porque o Jovem Jornalista tem tempo de estrada
O blog Jovem Jornalista está no ar desde 2008, são anos de experiência, dedicação e esforço, um trabalho muito bem feito por pessoas que prezam pela qualidade! Ganhou meu coração e minha atenção, e espero que com esses motivos, vocês tenham interesse de ir até o Jovem Jornalista conhecer também, e claro, espero que gostem!


 

15 outubro 2018

#ParaVer - Elite


Elite é uma série de televisão espanhola que estreou esse mês na plataforma Netflix. A série foi produzida pela Zeta Producciones e foi criada por Carlos Montero e Darío Madrona.

A primeira temporada tem 8 episódios, que mostram a história de três garotos pobres que vão estudar em uma das escolas mais cara do país após um terremoto destruir sua antiga escola. Tentando conviver com as diferenças e entrar nesse mundo da elite espanhola, um assassinato acontece, e agora a polícia está atrás de quem tem algum motivo para matar Marina.  

Comecei a assistir a série depois de ler que era uma mistura de Rebelde com Gossip Girl, mas não se deixe enganar, a única semelhança de Elite com essas séries é que os personagens são adolescentes e a história se passa em maior parte em uma escola. Dando bem a real, a série está mais para Skins, e quem sabe, How To Get Away with Murder

Essa série acabou sendo uma grande surpresa, eu sempre tive muita preguiça de maratonar séries, mas comecei a assistir Elite e acabei vendo tudo de uma só vez em um único dia. É uma série intrigante, você fica o tempo todo querendo descobrir quem matou Marina, e apesar de o roteiro não ser grandes coisas, eles conseguem te prender e todo final de episódio te deixa com aquela curiosidade para ver mais. 

Gostei muito do figurino, trilha sonora e da diversidade que a série apresenta. Não costumo assistir muitos filmes e séries espanholas, mas a cada dia estou gostando mais do que eles têm a oferecer, principalmente na parceria com a Netflix. A série tem muito clichê, muito furo de roteiro, muitas cenas de sexo e algumas atuações fracas, mas gostei do resultado final e recomendo para quem gosta do estilo.

Sinose:
Após um terremoto destruir uma escola pública, o governo envia três adolescentes de classe operária para Las Encinas, uma das melhores e mais caras escolas do país, frequentada pelos filhos da elite espanhola. O confronto entre aqueles que têm tudo e aqueles que não têm nada a perder cria uma atmosfera carregada e acaba levando a um assassinato. Quem estará por trás do crime?

Elenco:
María Pedraza como Marina Nunier Osuna
Itzan Escamilla como Samuel García Domínguez
Miguel Bernardeau como Guzmán Nunier Osuna
Miguel Herrán como Christian Varela Expósito
Jaime Lorente como Fernando "Nano" García Domínguez
Álvaro Rico como Pólo
Arón Piper como Ander
Mina El Hammani como Nadia Shana
Ester Expósito como Carla Rosón
Omar Ayuso como Omar Shana
Danna Paola como Lucrecia "Lu"
Jorge Suquet como Martín
Lola Marceli como Beatriz
Ainhoa Santamaría como Inspetora
Abdelatif Hwidar como Yusef
Elisabet Gelabert como Azucena

Trailer: