26 março 2013

Resenha: A Seleção


A Seleção
Kiera Cass
Editora: Seguinte
Tradução: Cristian Clemente
“Para trinta e cinco garotas, a Seleção é a chance de uma vida. Mas nem todas as garotas querem ser princesas. America Singer, por exemplo, tem uma vida perfeitamente razoável, e se pudesse mudar alguma coisa nela desejaria apenas ter um pouquinho mais de dinheiro e poder revelar seu namoro secreto.
Um dia, America topa se inscrever na Seleção só para agradar a mãe, certa de que não será sorteada para participar da competição em que o príncipe escolherá sua futura esposa. Mas é claro que seu nome aparece na lista das Selecionadas, e depois disso sua vida nunca mais será a mesma...”


O livro se passa em um futuro pós Terceira Guerra Mundial e tudo acontece no jovem país chamado Illéa, onde era da monarquia está de volta e todo o povo é governado pelo rei e rainha. As pessoas são divididas em castas (que vai de um ao oito – dos mais ricos aos mais pobres), e cada uma desenvolve um papel na sociedade (como a dos artistas, dos trabalhadores, das celebridades, dos educadores, etc), o que gera um certo preconceito entre as pessoas. Além disso, elas vivem em regras, como: não podem ter relacionamentos e possuem horário de recolher. Por causa disso tudo, existem os rebeldes que não aceitam esse comportamento e são contra a monarquia. 

O livro conta a história de America Singer, uma garota da casta cinco – a casta dos artistas – e que não possui muito dinheiro. America é apaixonada por Aspen – um garoto trabalhador da casta seis – e eles possuem um relacionamento de dois anos escondido dos pais, que não aceitariam esse relacionamento. 

Em meio à encontros escondidos, America é pressionada por sua mãe a participar da Seleção, uma competição que reúne trinta e cinco garotas de todas as castas para disputar o amor do príncipe. É a oportunidade única de muitas garotas que não tem dinheiro, a chance única de melhorar a vida de sua família. A garota que ganhar o coração de Maxon será sua esposa, e assim toda sua família passará a ser da casta um, a casta da nobreza.

America, sob pressão da família e do namorado, resolve inscrever na competição achando que não teria a menor chance, mas o que ela menos esperava acontece e ela foi uma das selecionadas.  Aspen não o vê como o futuro que America merecia, e resolve dar um fim no relacionamento, assim ela resolve dar uma chance para a competição.

Mas America tinha uma imagem completamente fútil a respeito do príncipe Maxon, ela não aceita o fato de o garoto precisar de uma competição para escolher o amor da sua vida e acredita que por ele ser rico e ter crescido em um palácio, que ele não sabe o que é o sofrimento dos mais pobres. Porém, quando America finalmente conhece o verdadeiro príncipe, ela acaba reconhecendo que ele é uma pessoa realmente boa. Além de fazer novas amigas dentro da Seleção, America fica dividida entre dois amores.

A Seleção me encantou assim que eu vi o livro, quando descobri que se tratava de uma distopia eu procurei logo mais informações e já fiquei louca para ler o livro. A leitura é muito boa, a autora consegue nos prender nas palavras ricas de detalhes, e a diagramação do livro é perfeita! Me peguei várias vezes rindo sozinha enquanto lia o livro dentro do ônibus. Eu consegui me identificar muito com os personagens, e me diverti muito com eles. Ah, e não tem como não gostar de May, a irmã mais nova de America, é uma fofa!

É um livro que sem dúvida eu recomendo a todos! A melhor parte é que no final desse mês a editora Seguinte vai distribuir O Príncipe, conto narrado por Maxon, em formato digital gratuitamente. E a continuação de A Seleção (que vai virar série da CW!) será lançada em abril, com o nome A Elite

Livro no skoob: A Seleção 
Nota: 


E aí, já leu? Você é Team Aspen ou Team Maxon? Se não leu, o que está esperando para ler? 




16 março 2013

Dica: Animações em stop motion



Como já disse aqui algumas vezes, eu curso Design Gráfico, e uma das matérias que escolhi como optativa é a de Técnicas de Animação. Não sei se é uma área que eu seguiria, apesar de achar tudo muito interessante e gostar muito do assunto.

Toda semana aprendemos uma técnica diferente, mas ainda estamos na animação em desenhos, fazendo quadro por quadro, e dá um trabalho ENOOOORME! Mas em toda aula minha professora mostra algumas animações bem interessantes. Semana passada ela mostrou um dos indicados a melhor curta animado do Oscar 2013 – que perdeu para Paperman – e que eu gostei muito!

Muitos ainda não conhecem, mas a dica de hoje são as animações do PES – assinatura do diretor Adam J. Pesapane –, que faz curtas em stop motion com elementos comuns do nosso dia a dia. Mesmo não ganhando o Oscar desse ano com o vídeo Fresh guacamole, PES já ganhou vários prêmios em festivais e também já produziu vários comerciais de marcas famosas. 

Selecionei três curtas para o post de hoje:


Quem quiser conhecer mais o trabalho do diretor, pode ver seus vídeos no canal oficial do youtube aqui.

Espero que goste das minhas escolhas! :)

11 março 2013

Caixinha de correio - #01

Minha primeira caixinha de correio está chegando atrasada, infelizmente. Mas como disse anteriormente, estava esperando minha mãe me mandar a câmera para fazer o vídeo, ai quando ela finalmente conseguiu me mandar, ela veio sem bateria e sem os cabos... no caso, não adiantou nada! Então resolvi fazer em fotos (tirada do celular, por isso a baixa qualidade) mesmo, espero que gostem!

Meu aniversário foi mês passado, e como todo mundo, eu AMO ganhar livros! Esse ano minha madrinha juntou com seu pai e sua mãe (que também são meus padrinhos) e fizeram uma surpresinha pra mim! Ela me mandou uma mensagem perguntando quais livros eu queria, só para ela ter uma noção do que me dar... depois me mandou uma mensagem escrita “mandei entregar em sua casa, espero que goste, só não vou contar qual eu escolhi para não estragar a surpresa!”, e não é que era uma baita surpresa? Ela me deu todos os quatro livros que eu tinha falado! Veio tudo embalado e com um cartão da loja! Amei!


A Seleção - Kiera Cass
“Nem todas as garotas querem ser princesas. America Singer, por exemplo, tem uma vida perfeitamente razoável, e se pudesse mudar alguma coisa nela desejaria apenas ter um pouquinho mais de dinheiro e poder revelar seu namoro secreto. Um dia, America topa se inscrever na Seleção só para agradar a mãe, certa de que não será sorteada para participar da competição em que o príncipe escolherá sua futura esposa. Mas é claro que seu nome aparece na lista das Selecionadas, e depois disso sua vida nunca mais será a mesma...”

Comecei a ler o livro esse final de semana e a leitura está fluindo muito bem, normalmente demoro a ler um livro, e esse eu já estou na metade! Estou apaixonada, é um novo queridinho! Em breve terá resenha no blog!


O Casamento - Nicholas Sparks
“Após quase 30 anos de casamento, Wilson Lewis é obrigado a encarar uma dolorosa verdade: sua esposa, Jane, parece ter deixado de amá-lo, e ele é o único culpado disso. Viciado em trabalho, Wilson costumava passar mais tempo no escritório do que com a família. Além disso, nunca conseguiu ser romântico como o sogro era com a própria mulher. A história de amor dos pais de Jane, contada em Diário de uma paixão, sempre foi um exemplo para os filhos de como um casamento deveria ser. Diante da incapacidade do marido de expressar suas emoções, Jane começa a duvidar de que tenha feito a escolha certa ao se casar com ele. Wilson, porém, sente que seu amor pela esposa só cresceu ao longo dos anos. Agora que seu relacionamento está ameaçado, ele vai fazer o que for necessário para se tornar o homem que Jane sempre desejou que ele fosse.”


Jogos Vorazes - Suzanne Collins
“Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstram seu poder sobre o resto do carente país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte! Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos Jogos Vorazes?”


Delírio - Lauren Oliver
“Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos. Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas. Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?.”




No final do mês chegou pra mim o kit do livro A Vez da Minha Vida, de Cecelia Ahern, fiquei em terceiro lugar na gincana promovida pelos blogs participantes do Blogueiros PE, e pude escolher três livros. Esse quem me enviou foi a Danielly Wanessa, e ainda tenho mais dois para receber.

A Vez da Minha Vida - Cecelia Ahern
“Certo dia, quando Lucy Silchester volta do trabalho, há um envelope de ouro no tapete. E um convite dentro dele para se encontrar com a Vida. Sua vida. Pode soar peculiar, mas Lucy leu sobre isso em uma revista. De qualquer forma, ela não pode ir ao encontro: está muito ocupada desprezando seu emprego, fugindo de seus amigos e evitando sua família. Mas a vida de Lucy não é o que parece. Algumas das escolhas que fez — e histórias que contou — também não são o que parecem. Desde o momento em que ela conhece o homem que se apresenta como sua vida, suas meias-verdades são reveladas totalmente — a não ser que ela aprenda a dizer a verdade sobre o que realmente importa. Lucy Silchester tem um compromisso com sua vida — e ela terá de cumpri-lo.”

Em dezembro, como o presente que minha mãe tinha comprado pra mim de natal não chegou a tempo, eu fiz um acordo com ela, ela me daria o presente de aniversário no natal e o presente de natal no aniversário, então, por ter recebido bem antes de fevereiro, eu nem incluí na lista, mas ganhei o livro Morte Súbita e O Hobbit também.

Fevereiro foi um ótimo mês pra mim! Espero que tenham gostado! :)