02 junho 2017

Resenha: Devoted

Devoted
Hilary Duff e Elise Allen
Editora: Editora iD
Tradução: Otávio Albuquerque
"Um amor perdido, mas nunca esquecido…
'Sage é minha alma gêmea. Nós nos amamos há muitas vidas, mas tudo sempre acaba de maneira trágica… Desta vez, no que depender de mim, será diferente. Ele é imortal, e carrega o Elixir em suas veias. Foi arrancado de mim, mas tenho certeza que ainda está bem… por enquanto. Ben, meu grande amigo, vai me ajudar a encontrá-lo, mas para isso teremos de nos aliar à Vingança Maldita. Será mesmo a coisa certa a fazer? Ou será que estou apenas selando novamente nosso destino trágico? Sou Clea Raymond, e vou lutar pelo meu amor com devoção.'"

Esse é o segundo livro da série, e está resenha
pode conter spoilers do primeiro livro!


Como o primeiro livro da trilogia, Elixir, não me agradou tanto, demorei muito para iniciar a leitura do segundo livro, até que um dia, do nada, resolvi terminar de ler a série e acabei surpreendida.

Em Devoted somos apresentados a novos personagens muito importantes para o desenvolvimento da série, como Suzanne, a nova funcionária da mãe de Clea, que também é a nova "namorada" de Ben; Nico, o novo funcionário da casa, também conhecido como a nova paixão de Rayna; e, Amélia e sua família. 

Clea está desesperada desde que Sage foi levado pelos Redentores da Vida Eterna e está fazendo de tudo para encontrar seu amado. Um dia, quando vai visitar o "túmulo" de seu pai, ela percebe que seu colar que ficava no lugar havia desaparecido, e no susto, pessoas estranhas aparecem para ela, deixando um recado, e somem como fantasmas. 

As pessoas que aparecem para Clea são Amélia e sua família, pessoas que tomaram o elixir anos atrás e hoje perambulam no mundo como "almas livres", mas que estão em busca de uma forma para voltar a viver em seus corpos. Amélia é uma criança simpática, que tenta ajudar Clea sem sua mãe saber. Petra, sua mãe, por outro lado, está fazendo de tudo para atrapalhar Clea de encontrar Sage, ela faz aparições na cabeça de Clea, mostrando imagens para que ela desista de seu amor, e assim desligar o laço entre os dois. A briga entre mãe e filha ganha um grande destaque nesse livro.

Clea resolve se aliar à Vingança Maldita, um grupo formado por descendentes das pessoas que roubaram o elixir anos antes, e que agora estão cercados por uma terrível maldição. Esse grupo está atrás de Sage, pois, se eles conseguirem mata-lo, vão quebrar a maldição. Clea vê a Vingança Maldita como a única saída de encontrar seu amor, e junto de seus amigos, ela fecha um acordo com esse grupo.   

Esse livro é narrado por Clea e Amélia, alternando em cada capítulo, achei a parte da narrativa feita pela Amélia mais envolvente e mais interessante, tornou a leitura melhor, e nos permitiu conhecer a história por outro lado além do lado super apaixonado de Clea.  

O segundo livro foi mais intenso, mais interessante e melhor que o primeiro, a parte romântica continua sendo o ponto fraco da história, para mim continuou forçado, mas é uma boa leitura.

Livro no Skoob: Devoted
Nota:


4 comentários:

  1. Oi Claruis,
    Sério que a série melhorou? Isso sim me surpreende!
    Fiquei mais animada a conhecer os livros. Afinal, eu adoro a Hillary Duff, rs.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Claris, tudo bem? Eu não li o primeiro ainda, mas é bom saber que de todas as formas o romance é fraco, é bom pra alinhar as expectativas.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oi, Claris!
    Eu já vi a resenha desse livro e até encontrei ele hoje na Fnac pelo preço bem em conta, mas sou meio 'assim' com fantasia, então não me sinto cativada pela obra. É uma pena porque sempre quis ler algo da Hilary.
    Beijo!
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir