13 dezembro 2017

Resenha: Isla e o Final Feliz


Isla e o Final Feliz
Stephanie Perkins
Editora: Intrínseca
Tradução: Amanda Moura

"Tímida e romântica, Isla tem uma queda pelo introspectivo Josh desde o primeiro ano na SOAP, uma escola americana em Paris. Mas sua timidez nunca permitiu que ela trocasse mais do que uma ou duas palavras com ele, quando muito.
Depois de um encontro inesperado em Nova York durante as férias envolvendo sisos retirados e uma quantidade considerável de analgésicos, os dois se aproximam, e o sonho de Isla finalmente se torna realidade. Prestes a se formarem no ensino médio, agora eles terão que enfrentar muitos desafios se quiserem continuar juntos, incluindo dramas familiares, dúvidas quanto ao futuro e a possibilidade cada vez maior de seguirem caminhos diferentes.
Com participações de Anna, Étienne, Lola e Cricket, personagens mais do que queridos pelo público apresentados em livros anteriores da autora, Isla e o final feliz é uma história de amor delicada, apaixonante e sedutora, um desfecho que vai fazer os fãs de Stephanie Perkins suspirarem ainda mais."

Isla é uma garota como qualquer garota, está em seu último ano da escola e ainda está cheia de dúvidas sobre qual faculdade cursar e qual carreira seguir, única certeza que ela tem é que é apaixonada por Josh desde seu primeiro ano na SOAP. 

Josh é um garoto retraído, um desenhista peculiar, que já tem todos os planos para seu futuro planejados.

Em um encontro não combinado durante as férias em seu país natal, Isla, que tinha acabado de tirar os sisos e estava dopada de analgésicos, acaba encontrando Josh em uma cafeteria, e sob efeitos dos remédios, teve coragem de chama-lo para uma conversa. A conversa até rendeu bem, o problema é que Isla estava dopada e agora não sabe muito bem dizer como tudo aconteceu de verdade. 

Kurt é o melhor amigo de Isla, é um garoto apaixonado por mapas e sempre planeja tudo o que vai fazer antes. Kurt foi diagnosticado com Síndrome de Asperger, dentro do espectro autista, e por isso ele faz sua vida seguir dentro de um roteiro. 

Kurt é como um suporte para Isla, assim como Isla é para Kurt. Os dois estão sempre juntos, e é ele quem escuta todas as lamentações e sonhos da garota em relação à Josh. 

De volta na escola americana em Paris, Isla finalmente encontra Josh depois do tão sonhado e embaraçoso encontro. Tímidos, eles finalmente conversam sobre o episódio, e Josh acaba deixando claro que também sente algo por Isla.

O casal tem tudo para dar certo, mas nem tudo são flores. Além das regras na escola estarem cada vez mais rígidas e Josh estar por um fio para ser expulso, ele ainda se mostra incomodado quando está perto de Kurt. Isla já perdeu uma amiga e um namorado porque pessoas não aceitam Kurt como ele é, e pensar que poderia também perder o garoto dos seus sonhos a deixa arrasada. 

Esse é um romance leve e muito divertido, que segue a mesma linha dos dois primeiros livros da trilogia. Stephanie Perkins mais uma vez, de forma cativante, vai nos apresentando características dos personagens ao longo da história, e isso fez com que eu me apaixonasse por todos de uma forma diferente. 

Kurt foi de longe meu personagem preferido, acredito que seja porque gostei muito de Sam da série Atypical e consegui ver muitas semelhanças entre os personagens. 

Isla vai amadurecendo ao longo da história e saindo de sua zona de conforto. Fiquei muito emocionada e feliz quando ela conseguiu lidar com seus problemas com sua irmã mais nova. Sua insegurança fez com que ela criasse muitas situações em sua cabeça, deu muita raiva de tudo que Isla fez, porém eu entendi a personagem pois já passei por isso em um relacionamento: a não aceitação, a ex, a medida de amor, etc; fico feliz em ver que ela conseguiu superar isso e aceitar as coisas boas da vida. 

Assim como Anna e o Beijo Francês e Lola e o Garoto da Casa ao Lado, Isla e o Final Feliz é um livro que pode ser lido separadamente, apesar de que os personagens principais se encontram no final. Fiquei tão feliz quando meus queridinhos apareceram nesse livro, de uma forma tão linda para dar um final em suas histórias. 

Depois de um romance decepcionante, esse livro veio para limpar minha alma. Uma leitura divertida e rápida, um romance adolescente cheio de clichês em um cenário maravilhoso que é Paris.
 
Livro no Skoob: Isla e o Final Feliz
Nota: 



15 comentários:

  1. Oi Claris! Infelizmente não foi uma boa leitura para mim, achei a protagonista muito chata, mas acho que teve mesmo um bom madurecimento. Fico feliz que vc tenha curtido bem mais do que eu <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Oi, Claris. Você foi uma das poucas pessoas que gostaram desse livro. Eu não curti não, achei o casal muito fraco, sem graça, principalmente o Josh, que tem uma alma melancólica demais pro meu gosto. Infelizmente os dois primeiros são melhores.

    ResponderExcluir
  3. Claris, mesmo sendo romance (coisa que não curto), até que fiquei a fim de ler esse livro! ^^
    Respondendo ao seu comentário no blog, é questão de hábito mesmo usar tons escuros. Eu também só usava clarinho e hoje em dia, adoro todas as cores! ^^

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  4. Oi, Claris!
    Menina, só faltava esse pra terminar essa série, mas acabei desistindo de ler :(
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Natal Literário e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?
    Sabe que já vi várias resenhas desse livro, mas nunca tinha lido uma tão completinha e que realmente me desse vontade de conhecê-lo!? Não li nenhum livro dos citados mas juro que agora realmente fiquei com vontade de acrescentá-los na minha lista!
    Parabéns pelo post!
    Beijoos

    http://www.aquelaepifania.com.br/

    ResponderExcluir
  6. OIii Claris

    Fico feliz em saber que depois de uma pequena decepção vc conseguiu achar outra história que te envolvesse. A escrita da Stephanie é muito boa, li Anna e embora o começo fosse bem normalzinho, com o passar das páginas fui me encantando, e até hoje é um livro que recordo com carinho. Quero ler Isla futuramente.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Claris, tudo bem?
    Esse livro está na minha lista de desejados faz um bom tempo, porém nunca tive a chance de ler ele...
    Espero conseguir ler algum livro da autora ano que vem!

    Beijão,
    Vinicius
    omeninoeolivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Eu acho a história desse livro muito legal, mas não tive ainda a oportunidade de ler.. tem muitos na frente :(

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá, Claris.
    Eu amei os outros dois livros da autora e não sei porque ainda não li esse. Mas acredito que vou gostar igual gostei dos outros. Ele é ideal mesmo para ser lido para dar aquela levantada na leitura hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Achei bem pouco convincente esse lance de ela ter criado coragem pra conversar com o menino só porque tava dopada de remédio hahah mas tudo bem, todos dizem que é uma história muito boa mesmo, quem sabe um dia dou uma chance!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Adorei o post! Estou a seguir o teu blog, podes seguir o meu? :)

    www.aflormaria.blogspot.pt

    beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Oi Claris,
    Eu quase comprei esse livro há algumas semanas atrás que ele estava R$ 6,00, rs. Só não comprei porque não tinha lido os anteriores e eles estavam quase 30,00.
    Mas quero ler! Não vou desistir!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Ainda não conhecia esse livro, mas amei a resenha e acho que ia amar o Kurt também, ele me pareceu ser um amorzinho de amigo! Aliás, tô achando muito legal que o autismo tem sido mais abordado em livros e séries!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem?
    Menina esse livro é ótimo para as férias kk!
    Beijos, já estou seguindo o blog e curti a página!

    Pequeno Mundo Das Resenhas

    ResponderExcluir
  15. Oi Claris, tudo bem?
    Não sabia que essa era uma trilogia! Gostei muito da premissa desse livro, parece fofo e divertido. Espero que Isla não abra mão de Kurt pelo bofe! :P
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir