05 março 2018

Resenha: Pilares Eternos

Pilares Eternos
Escrito por Nicolas Silveira Santos, David Alves, E. M. Zaites, Fernanda Korovsky Moura, Yuri Valens Veloso Rodrigues, Marina Yamauchi Santos, Andrea Sales, Gabriela G. de Oliveira, Naylor Carvalho, Paola Giometti, Júlia Fróes, Renata de Lima Conde, Beatriz Scotti, Fernando F. Morais, João V. A. Rodrigues, Maerlon Carmo Martins e Jean Valens
Editora: Andross Editora

"Toda a História foi construída em cima de mitos e lendas extraordinárias, capazes de entreter, ensinar e aterrorizar a humanidade. O insólito e o fantástico são os pilares que sustentarão eternamente a necessidade do homem de contar."


Pilares Eternos é uma antologia de contos fantásticos, que reúne 17 contos escritos por 17 autores, que foram selecionados através de um concurso nacional em 2017 pela Andross Editora. 

O livro reúne as mais diversas fantasias como guerreiros, sereias, fantasmas, bruxas, etc, para agradar diversos gostos. Como é um livro escrito por vários autores, acabamos identificando mais com a escrita e sensibilidade de alguns autores que outros, que querendo ou não, acaba influenciando no ritmo da leitura. 

Eu particularmente amo ler contos, mas confesso que tenho dificuldade para pegar o ritmo de leitura quando leio um seguido do outro, então prefiro sempre fazer uma pausa. Essa pausa me deu mais ritmo na leitura como um todo, e eu pude avaliar por contos os que mais gostei. 

Dentre eles está Observatório, escrito por David Alves, que fala sobre caça às bruxas e é um texto muito forte. Fiquei toda arrepiada lendo Carnevale de Fernanda Korovsky Moura, sobre a aparição de homem misterioso, a autora conseguiu descrever o local e situações com muita emoção. Fogo, de Júlia Fróes, sem dúvidas chamou muito a minha atenção, já que o tema relaciona muito com as histórias que lemos de Percy Jackson, achei que poderia muito bem ser um extra da série. O canto da sereia escrito por Beatriz Scotti me encantou ao mostrar uma sereia boa, e o amor entre ela e um homem. A balança de João V. A. Rodrigues mostra através de um conto um ensinamento para a vida, é bem emocionante e forte. E O confronto das raças de Jean Valens sobre guerreiros e destino.

O conto Jasão ₋ A invasão das criaturas na caverna de Corinto escrito por Yuri Valens Veloso Rodrigues é bem interessante, mas acho que ficou faltando algo, por mim o autor escreveria uma história completa, não apenas um conto, pois tem muito o que oferecer. 

Os demais contos também foram muito bons, porém não chamaram tanto a minha atenção como os citados. Mas sem dúvidas indico a leitura do livro para amantes de fantasias, pois são ótimos contos que nos fazem viajar para outros lugares e viver novas experiências. 

A cópia de Pilares Eternos foi cedida em parceria com Jean Valens, o livro pode ser adquirido em formato físico aqui

Contos presentes no livro: Os defensores da flora de Nicolas Silveira Santos; Observatório de David Alves; Belregard de E. M. Zaites; Carnevale de Fernanda Korovsky Moura; Jasão ₋ A invasão das criaturas na caverna de Corinto de Yuri Valens Veloso Rodrigues; Akemi Muromachi e o livro do Dragão de Marina Yamauchi Santos; Iara, a mãe d’água de Andrea Sales; Depois da meia-noite de Gabriela G. de Oliveira; O homem que queria ser um mosquito que queria ser um homem de Naylor Carvalho; O nascer do paladino de Paola Giometti; Fogo de Júlia Fróes; Coriolando de Renata de Lima Conde; O canto da sereia de Beatriz Scotti; Gotas de prata de Fernando F. Morais; A balança de João V. A. Rodrigues; O relógio do imperador de Maerlon Carmo Martins, e O confronto das raças de Jean Valens.
 
Livro no Skoob: Pilares Eternos
Nota: 


8 comentários:

  1. Oi, Claris!

    Adorei a resenha! Ainda não conhecia a antologia, fiquei curiosa pra conferir. Meu problema com antologias também é esse de nem sempre gostar de todos os contos e isso acabar influenciando no ritmo da leitura, é a famosa leitura de altos e baixos, mas de vez em quando é sempre bom arriscar, ainda mais se tratando de obras nacionais!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Claris
    legal os gêneros, adoro esse tipo de fantasia.
    E puxa! Quantos autores! O ruim de ser coletânea é que sempre tem uns contos que gostamos mais do que outros porque ninguém escreve do mesmo jeito que ninguém. Acaba que uns ganham mais destaque do que outros. Mas, eu gostei bastante da proposta, já participei de coletânea também.
    beijão
    Karina Pinheiro

    ResponderExcluir
  3. Esse livro cheio de contos parece ótimo! É bem do gênero que curto! ^^

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  4. Oi Claris, também gosto de dar uma pausa entre os contos quando são muitos. Não conhecia a obra, mas os temas são bem legais, adoro uma fantasia com sereia!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Hey! Eu já tinha ouvido falar nesse livro e agora estou com mais vontade ainda de ler. Gostei bastante da resenha.

    ResponderExcluir
  6. Olá!!!

    Nunca ouvi falar desse livro! Mas amei conhecê-lo por aqui. Sua resenha me instigou bastante. Vou procurá-lo.

    Beijooos

    http://www.aquelaepifania.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi
    que bom que curtiu a leitura, confesso que não conhecia e apesar da resenha não me interessei pela leitura dele.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir