10 abril 2018

Resenha: Inferno no Colégio Interno


Com o lançamento da segunda temporada de Desventuras em Série na Netflix, resolvi trazer a resenha dos cinco livros que são abordados nessa temporada, começando por Inferno no Colégio Interno. As resenhas dos quatro primeiros livros da série de treze livros já foram postadas no blog e você pode conferir aqui.


Inferno no Colégio Interno
Lemony Snicket
Editora: Companhia das Letras
Tradução: Carlos Sussekind

"Nada de aventuras emocionantes com final feliz: Violet, Klaus e Sunny Baudelaire são legais e inteligentes, mas a vida deles está repleta de má sorte e infelicidade. Em Inferno no colégio interno, os três irmãos enfrentam caranguejos, provas hiper-rigorosas e os castigos de um internato. O colégio se transformou em mais um desastroso episódio de suas vidas horríveis. Desta vez, eles precisam escapar de fungos gotejantes e assistir a recitais de violinos, além de entender o complicado sistema métrico e suportar os exercícios de D.O.R. Violet, Klaus e Sunny têm o poder de atrair desgraças. Quem gosta de histórias alegres não deve nem abrir este livro, avisa o autor, pois as histórias dos Baudelaire são sempre uma desventura pior do que a outra."

Esse é o quinto livro da série, e está resenha 
pode conter spoilers dos primeiros livros!




Neste quinto livro autor continua seguindo a mesma fórmula dos demais, e apesar de ficar um pouco repetitivo, a leitura de Inferno no Colégio Interno me deixou muito empolgada, já que o livro traz uma história muito interessante, repleta de exageros e novos personagens.

Sem um novo tutor, os órfãos são mandados para a escola preparatória Prufrock, um colégio interno que contém um grande pátio, um refeitório, um dormitório de luxo, um prédio administrativo, um teatro e um barraco, onde as os Baudelaire dormiam. O barraco foi apelidado de Barraco dos Órfãos, e era um lugar assustador, com colchão de feno, vários caranguejos no chão, um fungo no teto e paredes de cores horríveis. 

O barraco é a moradia para crianças que não recebem autorização dos pais para dormirem no dormitório de luxo, sendo assim, os últimos moradores de lá eram os irmãos Quagmire, que também perderam os pais em um incêndio, e que acabam virando amigos de Violet, Klaus e Sunny.  

Logo de início os irmãos Baudelaire são recebidos por Carmelita Spats, uma garota mimada, chata, extremamente irritante e desprezível que estuda na escola e que promete infernizar a vida dos colegas. Carmelita é a queridinha do vice-diretor Nero, um homem que não tem noção nenhuma de como dirigir um colégio e que, claro, também era muito ruim com os órfãos. 

Sunny por não ter idade suficiente para estudar, acaba trabalhando como secretária do vice-diretor Nero, enquanto Violet tinha aulas inúteis com sr. Remora que nada mais era que ditados sobre acontecimentos da sua monótona vida, e Klaus tinha aulas com sra. Bass sobre medir objetos e fazer anotações de suas medidas. 

A vida das crianças não estava tão boa, mas ao menos elas tinham feito novos amigos e estavam longe de conde Olaf. Porém, como essa é uma história muito triste e desagradável, eles conhecem o novo professor de educação física, o instrutor Genghis, e logo reconhecem, sob os disfarces, que o terrível vilão está de volta. 

As crianças são testadas inúmeras vezes, são forçadas a um pesado treinamento e ainda correm o risco de perder a vaga no colégio, mas esse é o primeiro livro que elas recebem ajuda e também é a primeira vez que ouvem sobre o C.S.C., uma organização até então misteriosa. 

Gostei muito da leitura desse livro, principalmente o final que me deixou muito curiosa sobre essa misteriosa organização, se enfim teremos respostas sobre a morte dos pais Baudelaire. Recomendo a leitura de toda a série, sem dúvidas nenhuma!


A segunda temporada da série Desventuras em Série produzida pela Netflix foi lançada no dia 30 de março de 2018, e combina a história dos livros: Inferno no Colégio Interno, O Elevador Ersatz, A Cidade Sinistra dos Corvos, O Hospital Hostil e O Espetáculo Carnívoro.

PS: Destaque especial para Carmelita Spats nos episódios de Inferno no Colégio Interno que roubou toda a cena, uma pena ela ser tão desprezível, pois a personagem é incrível! 


Nota: 


7 comentários:

  1. Oi! Eu tenho muita vontade de ler essa série e assisti-lá. O filme é muito interessante e a história dos irmãos também. Acredito que esse seja o mais empolgante, por termos informações sobre a tal organização misteriosa. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  2. Oi Claris, tudo bem?

    Menina nunca nem tive vontade de ler os livros, mas confesso que gostava dos filmes e pretendo assistir a série... agora que a segunda temporada está ai... quero assistir a primeira temporada. Adorei sua resenha, me deu mais vontade de assistir a série. Xero!

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Gostei da resenha Claris. Só ouço excelentes comentários sobre essa série. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  4. Oii Claris

    Eu tenho vonta de de assistir a versão da Netflix. Ainda não li os livros, mas se eu curtir a história, pretendo conferir com certeza.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Claris!
    Eu acho que essa série não ia dar certo pra mim não... os livros seguem a mesma fórmula e eu ia me estressar hahahhha Mas que bom que esse te deixou empolgada para continuar.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  6. Oi! Gostei muito da sua escrita e resenha, a sinopse parece trazer uma história cheia de aventuras, porém admito que a capa não me deixou muito animada, ainda assim penso que vale a pena conferir. Adorei seu blog, já estou seguindo!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir