19 abril 2018

Resenha: O Elevador Ersatz

O Elevador Ersatz
Lemony Snicket
Editora: Companhia das Letras
Tradução: Ricardo Gouveia

"Como nos episódios anteriores, o sexto livro de Desventuras em Série está repleto de desgraça, desespero e mal-estar. Quando essa nova desilusão começa, os irmãos Baudelaire estão acompanhados do Sr. Poe, um executivo de banco que ficara encarregado das crianças depois da morte dos pais deles num horrível incêndio. Eles vão até à residência da família Squalor, os novos tutores dos Baudelaire. O Sr. Poe acredita que ali Violet, Klaus e Sunny estarão a salvo do ganancioso e traiçoeiro Conde Olaf, que foi o primeiro tutor dos três irmãos e que pretende, desde então, apropriar-se da fortuna herdada pelos Baudelaire. A última maldade cometida por Conde Olaf foi raptar os trigêmeos Quagmire, de quem os Baudelaire haviam ficado amigos no colégio interno. Jerome e Esmé Squalor moram num apartamento de cobertura na Avenida Sombria. Para o desânimo dos três irmãos, o elevador do prédio foi desligado e eles são obrigados a chegar ao último andar pelas escadas escuras e tenebrosas. Depois de muitos e muitos degraus, eles finalmente chegam à casa nova, um enorme apartamento com 71 quartos, e descobrem que seus novos pais os tinham adotado apenas porque ter órfãos estava na moda. Os irmãos parecem bem instalados, mas uma nova aparição do Conde Olaf vem trazer pavor aos Baudelaire. Eles agora têm de descobrir um jeito de se livrar dessa pérfida ameaça. A resposta pode estar no elevador ersatz, uma passagem secreta tão escura quanto 'uma pantera negra como azeviche, coberta de piche, comendo alcaçuz preto no ponto mais profundo da parte mais funda do Mar Negro'. E os perigos estão só começando. Dali em diante, uma montanha de horrores e desgostos ainda espera pelos desafortunados irmãos Baudelaire."


Esse é o sexto livro da série, e está resenha
pode conter spoilers dos primeiros livros!



Depois desventuras que ocorreram na escola preparatória Prufrock, as crianças estão a caminho de sua nova moradia com os tutores Squalor. De volta à Cidade Principal, o novo endereço é Avenida Sombria 667, um grande edifício de luxo de 66 andares a alguns quarteirões da antiga mansão dos Baudelaire. 

Os órfãos agora moram na cobertura, um apartamento com muitos relógios, inúmeros quartos, várias salas, salões, banheiros, cozinhas, e com uma vista privilegiada da cidade. Porém é um prédio muito peculiar, já que os moradores fazem questão de seguir tudo o que está in e descartar completamente tudo que está out. 

Assim que chegam no prédio as crianças descobrem que elevadores estão out, então teriam que subir todos os andares de escada e, de cara já perceberam que passariam por muitas situações bizarras nesse novo local. 

Jerome e Esmé Squalor são os novos tutores de Violet, Klaus e Sunny. Jerome é um homem muito simpático e confiante, ele tem de tudo para ser um ótimo tutor, porém evita ao máximo discussões e nunca confronta sua esposa mesmo em situações que possam prejudicar os órfãos. Esmé é a sexta consultora financeira mais importante da cidade e não dava a mínima para as crianças, sua dedicação era em estar sempre na moda, tanto que a adoção das crianças foi feita a partir da notícia que órfãos estavam in, e ela queria ter os seus. 

Agora Esmé estava totalmente dedicada ao um leilão in que aconteceria na cidade, e para a infelicidade dos órfãos, o leiloeiro Gunther nada mais era que conde Olaf disfarçado. Porém agora as crianças já estão mais preparadas a enfrentar esse terrível vilão, e preocupados com o que ele poderia fazer com os novos tutores, eles ficam de olho em todos os movimentos dessa terrível criatura. 

Explorando a cobertura em busca de conde Olaf, as crianças acabam percebendo que em cada andar existe apenas uma porta de elevador, menos na cobertura, que existem duas portas. Quando elas vão conferir esse outro elevador, acabam encontrando um grande poço vazio onde estavam trancados Duncan e Isadora Quagmire. Aliviadas por terem finalmente encontrado seus amigos, mas preocupados com a situação em que se encontravam, os Quagmire contam aos Baudelaire que conde Olaf os colocariam dentro de uma peça de arte que seria vendida no leilão. 

Violet, Klaus e Sunny tentam ajudar os seus amigos e desmascarar o terrível vilão conde Olaf contando toda a história para Esmé, porém o que ninguém esperava é que Esmé é apaixonada por conde Olaf, e joga as crianças no poço do elevador, que ficam presas em uma rede sem ter como ir atrás de seus amigos. 

Usando mais uma vez suas habilidades, as crianças conseguem fugir do poço por um caminho escondido no prédio e acabam descobrindo que ele ligado através de um túnel a sua antiga mansão. As crianças ficam muito intrigadas a respeito disso e qual a relação desse túnel com as casas e a organização misteriosa. 

Confesso que essa leitura não foi tão prazerosa quanto os demais livros por já estar um pouco enjoada da formula usada pelo autor, porém gostei muito de conhecer os novos tutores, Esmé e sua maldade e o querido Jerome, que tem um espaço enorme em meu coração. Como sempre, indico muito a leitura da série, é incrível e o desenrolar da história e o todos os mistérios! 


A segunda temporada da série Desventuras em Série produzida pela Netflix foi lançada no dia 30 de março de 2018, e combina a história dos livros: Inferno no Colégio Interno, O Elevador Ersatz, A Cidade Sinistra dos Corvos, O Hospital Hostil e O Espetáculo Carnívoro.


Livro no Skoob: O Elevador Ersatz
Nota:




4 comentários:

  1. I think this book should be awesome dear i like it,thanks for sharing..
    https://clicknorder.pk online shopping in pakistan

    ResponderExcluir
  2. OOOOOI

    eu conheci Desventuras em série depois da série da netflix. Acabei descobrindo depois que existem livros e até um filme mais antigo. Preciso consumir todo esse material urgente :O

    beijo
    www.beinghellz.com.br

    ResponderExcluir
  3. Que resenha legal, amei :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Um dos livros mais engraçados, em minha opinião. A Esmé é muito engraçada. Verdade, a fórmula que o autor utiliza pode ser cansativa, às vezes, mas amo os irmãos Baudelaire.
    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir