30 maio 2018

Resenha: O Espetáculo Carnívoro

Antes tarde do que nunca, hoje trago a resenha do último livro adaptado na segunda temporada de Desventuras em Série pela Netflix, tive alguns problemas, os dias foram muito corridos, por isso demorei tanto para atualizar aqui, mas aí está!

O Espetáculo Carnívoro
Lemony Snicket
Editora: Companhia das Letras
Tradução: Ricardo Gouveia

"No princípio de mais um episódio funesto de suas penosas existências, Violet, Klaus e Sunny Baudelaire se encontram no porta-malas de um carro preto. Qualquer pessoa que não seja um pacote ou uma mala preferiria viajar confortavelmente instalado no banco do passageiro, mas os órfãos Baudelaire não têm escolha. Quando refugiaram-se no bagageiro desse carro sinistro, eles escapavam de uma situação ainda pior. As três crianças encontram-se na "barriga da fera", o que vale dizer que estão numa enrascada. Ao volante do automóvel está o ganancioso Conde Olaf, um vilão traiçoeiro que, desde que os Baudelaire perderam os pais num incêndio, vem perseguindo os três com o objetivo de se apossar da fortuna herdada por eles. Até aqui, felizmente, ele foi mal-sucedido. Além de se safar dessa armadilha, Violet, Klaus e Sunny Baudelaire terão de escapar do Parque Caligari e enfrentar uma multidão indócil. Tudo isso para tentar localizar o dossiê Snicket e decifrar a sigla C.S.C., que pode confirmar se um dos pais das crianças realmente sobreviveu ao terrível incêndio. Pseudônimo do escritor Daniel Handler, Lemony Snicket se tornou um fenômeno editorial em todo o mundo. Snicket homenageia Edgar Allan Poe e Charles Baudelaire, pais da literatura de mistério e da poesia simbolista, subvertendo os padrões bem comportados da literatura infanto-juvenil para compor uma saga engraçada e arrepiante."
Esse é o nono livro da série, e está resenha
pode conter spoilers dos primeiros livros!

Esse livro mostra o quanto as crianças cresceram e como estão dispostas a ir onde for preciso para resolverem os mistérios sobre seus pais e entenderem melhor sobre a misteriosa organização C.S.C..

Fugindo de um hospital em chamas, Violet, Klaus e Sunny viajam no porta malas do carro do terrível vilão conde Olaf até o Parque Caligari, nos Sertões. O parque é um lugar feio com aparência de abandonado, onde se encontra a Casa dos Monstros, alguns trailers onde as pessoas dormiam, uma montanha russa que já não estava mais em uso, e a barraca de Madame Lulu. 

Do porta malas do carro as crianças conseguem ouvir os planos de que conde Olaf, que está atrás de Madame Lulu, uma vidente que contaria o paradeiro das crianças, até então, desconhecido por ele.

As crianças resolveram que deveriam ficar por perto do terrível vilão, porque assim elas teriam chances maiores de conseguirem mais informações sobre C.S.C. e seus pais, com isso, elas usaram os disfarces da trupe de conde Olaf, tornando-se então, aberrações contratadas desse parque bizarro.

Em meio a muita bizarrice e muito sofrimento as crianças descobrem que Madame Lulu na verdade é Olívia, uma pessoa boa e voluntária do C.S.C., e ela possuía o mapa das Montanhas de Mão-Morta, onde está localizada a base de operações secreta da C.S.C..

Porém, como nada é fácil na vida dos Baudelaire, conde Olaf descobre que as aberrações são as crianças usando disfarces e faz com que elas coloquem fogo no parque. Então as crianças começam a duvidar de sua bondade, conde Olaf as deixam em dúvidas sobre sua personalidade, já que agora elas também usam disfarces e tacam fogo nas coisas, de que lado elas estão? 

Gostei muito da evolução dos personagens ao longo dos livros, os órfãos são bem mais corajosos e ainda mais espertos agora, a cada livro a história fica ainda mais sinistra e terrível, como fomos alertados desde o início por Lemony Snicket. Em tempo, recomendo a série a todos!


A segunda temporada da série Desventuras em Série produzida pela Netflix foi lançada no dia 30 de março de 2018, e combina a história dos livros: Inferno no Colégio Interno, O Elevador Ersatz, A Cidade Sinistra dos Corvos, O Hospital Hostil e O Espetáculo Carnívoro.


Livro no Skoob: O Espetáculo Carnívoro
Nota: 

9 comentários:

  1. Oiii Claris

    Eu nunca li os lviros, mas estou curiosa em conferri essa série do Netflix, quando sobrar um tempinho extra vou tentar assistir à algum capítulo.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Claris!

    Não sou muito fã da série de livros nem da série na Netflix, mas fico feliz de saber que os órfãos amadureceram tanto, apesar de que eles foram quase obrigados a isso, sempre tendo que fugir do conde né :(

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi
    que bom que gostou desse, ainda nem assisti a série e nem li os livros, mas parecem ser bons, só leio resenhas positivas e a sua foi mais uma.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Claris, que bacana vc acompanhar os livros dessa série! Eu ainda preciso terminar a primeira temporada e começar a leitura! E fico feliz que tenha um bom desenvolvimento dos personagens!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Eu sou doida para ler essa franquia, apesar de já assistir a série! ^^

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  6. Estou acompanhando a série e fico impressionada ao perceber pelas resenhas que leio que os produtores da série estão sendo muito fiéis às histórias dos livros! Depois de terminar a série quero ler os livros também.

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, Claris!
    Eu gostei muito da primeira temporada, apesar de ter ficado bem chateada com tudo o que eles sofriam, haha.
    Ainda não comecei a assistir a segunda. Tantos livros, tantas séries, tanto trabalho... Dá tempo não, hahaha.
    Mas eu acho legal eles condensarem vários livros na mesma temporada.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Claris!
    Esse foi um dos livros da série que mais gostei. Achei genial o fato de as "aberrações" serem completamente normais mas se enxergam como diferentes pq fizeram com que eles acreditassem nisso. Consigo até traçar um paralelo com algumas situações da vida real. :)
    Beijos!

    Mais Uma Página

    ResponderExcluir